6 de outubro de 2014

Rei Leão, eu fui!

dois anos atrás eu me estrebuchava de ansiedade porque o musical d'O Rei Leão iria estrear em terras brasileiras. Pois bem, passou 2013 e agora quando começaram anunciar em 2014 as últimas sessões da peça, bateu aquele desespero. 



Minha mãe maravilhosa, me fez uma surpresa e comprou os ingressos e fui assistir o musical dia sábado passado. Como na minha vida sempre tem um drama, quando estávamos chegando no Teatro Renault, minha mãe lembrou que havia deixado os ingressos em casa... FUÉN. Perdemos a primeira música, que é SIMPLESMENTE O NASCIMENTO DO SIMBA, QUE OS BICHO TUDO PASSAM PELA PLATÉIA E VÃO ATÉ O PALCO. POIS É, just kill me now.
APESAR DOS CONTRATEMPOS, foi definitivamente a realização de um sonho. Eu estava tão emocionada e entorpecida de que AQUILO REALMENTE ESTAVA ACONTECENDO, que sei quase mijo nas calças. 
O musical é SIMPLESMENTE MARAVILHOSO. É PERFEITO. Eu cansei de ver trailers e pedacinhos do musical da Broadway, tenho a trilha sonora em inglês e talls, e a versão brasileira NÃO DEVE NADA, NADA, NADA pro original.
Estou impressionada com a iluminação e sonoplastia do musical, porque é ALGO. Sério, perfeito. Faz toda a diferença! Sem contar que eles adaptaram pequenas coisinhas, por exemplo, na animação Timão e Pumba dançam a ula para distrair as hienas, no musical eles dançam uma outra coisa (que eu não vou falar, porque eu quero que você vá assistir hahaha) e é HILÁRIO. E as hienas? Perfeitas.
As leoas caçando foi foda, misturam ballet com caça, sério, é foda. Toda vez que o bando das leoas apareciam era um espetáculo a parte. Os movimentos do Zazul, as girafas, o início do segundo ato com aquele coro africano MARAVILHOSO e os pássaros voando em cima da tua cabeça, a orquestra, percussionistas sensacionais. Tem uma hora que toca até berimbau! 
E os atores? Nada a declarar, porque olha, expressão corporal que PELO AMOR DE DEUS. Eu queria abraçar todos do elenco hahahahahaa. É emocionante de verdade. 
Quase morri quando tocava minha música favorita, que aqui no Brasil ficou como "Está em ti", tive que ser forte. FOI PUXADO! O Simba declara que vai pra voltar pra terra dele, quase que eu levanto e falo EU VOU COM VOCÊ hahahaahha. Aquela é uma cena muito especial, quando o Simba está perdido e o babuíno Rafiki (que também tá sensacional) faz lembrar de quem ele é, das suas raízes, do seu pai. É forte, emocionante. Não tem como não se emocionar. E a cultura africana tão exposta ali, com todas aquelas cores, os cantos. É maravilhoso.




Esqueça o que você viu no desenho, esqueça das músicas, esqueça tudo. E vai assistir. Fica em cartaz aqui em São Paulo no Teatro Renault até dia 14 de dezembro.

PS: Minha vontade é comprar um turbante e fugir com o elenco do Rei Leão para a próxima parada hahahaa. 

Nenhum comentário: