29 de outubro de 2011

Atividade paranormal canina

Essa semana aconteceu uma coisa diferente. Em novembro, vai fazer 4 meses que Lady se foi... Ultimamente eu tenho pensado bastante nela. Uma saudade monstra mesmo. E o pessoal fica compartilhando foto dos filhos-cães no twitter-facebook-instagram e me dá um aperto no coração, porque se a Lady tivesse viva eu estaria fazendo a mesma coisa. 

Daí, na sexta-feira minha mãe chegou com umas compras, abriu a porta da sala e JURO-POR-DEUS, eu escutei o chororô que a Lady fazia quando minha mãe chegava em casa. Eu imediatamente olhei pra porta da cozinha, porque a Lady ficava esperando minha mãe ali, obviamente não tinha nada na cozinha. Quando olhei pra minha mãe pra falar "nossa, parece que eu escutei a Lady", minha mãe berrou NOSSA ACABEI DE ESCUTAR A LADY VIXE QUE FOI ISSO?

Logo quando a Lady morreu, parecia que eu via vulto dela pra tudo quanto é lado da casa. Mas daí, passou. E sexta-feira além de escutar aquele choro de felicidade que a Lady fazia, parecia que ela tava ali, nossa, mega sobrenatural. Sei lá se foi coisa da minha cabeça (e da minha mãe também), mas fiquei mais calma depois disso. Saudade a gente vai sentir sempre, mas acho que foi um jeito da Lady falar que ama a gente e que tá tudo bem... ♥ 


4 comentários:

Mirian Soares disse...

Own, Cami, compartilho dessa mesma sensação. Meu gatinho se foi em julho desse ano. Tipo, ele sumiu daqui de casa e eu nunca mais o encontrei. Ele tinha 12 anos e só de imaginar o que deve ter acontecido com ele eu fico com um aperto enorme no coração, sabe? Eu ouço ele o tempo inteiro. Ainda não superei.
Bjos

raquel a. disse...

me apeguei muito às cadelas do meu namorado... ano passado a mais velha morreu. ela era tipo minha preferida e é bizarro como ela faz falta!

agora, que tenso hein vc e sua mãe terem ouvido a mesma coisa! vai ver foi um cachorro na vizinhança... mas, vai saber?

a gente só tem certeza mesmo da falta que faz.

Sam disse...

<3 certeza q foi!!

Antoniela disse...

Linda e amada ela. Super clichê mas com certeza ela vai viver pra sempre no coração de quem a ama =)
Beijo, Camie!