9 de maio de 2011

Então, tô lendo essa série "House of Night", uma das coisas mais BIZARRAS que eu já li em toda minha vida. Eu ia falar que a “Twilight Saga” é fichinha perto dessa, mas olha... sabe quando você não sabe dizer se é igual, se é pior ou melhor? Vai vendo. Eu acho que não é tão ruim pelo fato de Twilight eu não consegui nem TERMINAR o terceiro livro (Eclispe) e também não tem tanto romance, mas é tipo, nonsense igual.

Tudo começou quando eu estava viajjjando pelo Submarino (é tudo culpa dele), ia comprar um livro e acabei levando os seis livros da série “House of Nigtht" parece que são dez livros) por R$ 49,00 e o frete grátis. Daí...

A história é tão absurda que MEUPAI. E me recusei a não ler tudo, porque enfim, paguei cinquenta conto neles.

É um livro sobre vampiros, mas são a espécie mais estranhas de vampiros que se teve notícia. Vou contar um pouco dos spoilers, mas olha, nada muito grave e é até bom ficar sabendo das coisas pra rir um pouco. Ou não.

Tem essa menina Zoey Redbird, que é MARCADA por um vampiro e tem que ir morar na ESCOLA DE VAMPIROS chamada MORADA DA NOITE. Nesse mundinho fantástico, as pessoas não são mordidas e transformadas em vampiros, aquela coisa básica. Você ta andando na rua, daí vem esse vampiro (acho que se chama Rastreador o nome da “função”) e te marca com um FUCKIN TRIBAL NO MEIO DA SUA TESTA.

(essa é uma ilustração de um dos namorados da Zoey)

Uma vez marcada, vc vai para essa escola medieval de vampiros chamada Morada da Noite hahaha. Lá você aprende todos os truques e mandigas dos vampiros. Mas não pense que é tipo Harry Potter, que a J.K conta tudo as coisas que acontecem nas aulas. Tudo se resume a vida da Zoey e como ela é perfeita e quantos namorados ela pode ter, de todos os poderes especiais que só um vampiro adulto pode ter, mas que, surpreendentemente ela tem. UAU.

Os vampiros não modem uns aos outros, eles tomam sangue de doadores que são simpatizantes a causa dos vampiros. Eles podem andar na luz do sol, mas não brilham :( Que mais? E conforme você vai evoluindo nos skills de vampiros, a sua tatuagem tribal na testa vai crescendo. corpo a fora. Mas claro, isso só acontece com a tal da Zoey que é a mais poderosa e escolhida de todos os novatos e BLÁBLÁBLÁ.

A Zoey tem uns amigos muito chatos, todos sem personalidades e insossos. Tem um deles que é gay e o que me irrita é que TODA HORA a autora fica lembrando que o menino é GAY. “Lá foi Zoey e seu melhor amigo gay fazer umas macumbas no jardim da Morada”, “nossa Zoey, como vc ta bonita – disse o fulano, o seu melhor amigo gay”. É irritante. Eu acho que ela enfiou esse personagem gay por cotas! Cotas de negros, de gays, de caipiras...

Ah, muito importante. Quando você vai para essa escola, você não sabe se vai virar vampiro ou se vai morrer. Porque tem uns negócios de transformação. Quando você recebe a tatuagem na testa, vc só foi marcado, não significa que vc vai ser um vampiro. Quando acontece essa transformação, alguns alunos morrem no processo. Se você não morre e virou o que eles chamam de vampiro adulto, você sai da escola e vai virar artista de cinema ou algum escritor famoso. SÉRIO, GENTE. NÃO TÔ MENTINDO.

Só sei que em determinado momento da história, a Zoey acumula TRÊS TIPOS DE NAMORADOS HAHAHA. O Galã-Quase-Vampiro-Adulto que parece o Superman (descrição da autora do livro), o Professor-Vampiro-Gostosão e o Namorado-Dos-Tempos-Que-Ela-Era-Humana. Mano, é ABSURDA ESSA HISTÓRIA. O que eu dô de risada não ta fácil. Sem contar os rituais, as rivalidades do tipo novela mexicana e que a Zoey sempre salva a pátria, mas tbm é vista como heroína solitária gostosona.

Eu tinha dado um tempo nessa história, mas eu preciso ler umas bobagens e pensar que posso virar escritora e desistir da hotelaria. Porque SÉRIO, se essa nega é best seller (e eu ajudei comprando a coleção nessa promoção no submarino), eu posso ganhar dinheiro escrevendo um romance sobre duendes e coisas do tipo. Se vocês quiserem ler uma review séria sobre o assunto, acessem o blog da Mariana Frioli.

Por favor, se você chegou até o final desse post, fala ae o que você achou de tudo isso. VAMOS RIR, PESSOAL.


Dai que meu esmalte da semana tá combinando com a capa do livro. SOU CAFONA? Y/Y

14 comentários:

beeanka disse...

Ainda não terminei de ler o primeiro livro, mas... COMPREI NA MESMA PROMOÇÃO DO SUBMARINO! heauhuea

Anônimo disse...

Cota de gays foi foda hahahahaha, chorei litros rindo aqui hahaha.
A verdade é que andam estragando muito as histórias de vampiros, e eu tenho odiado isso. Vampiro que anda na luz do dia, oi? Me mata esse tipo de coisa. As histórias de vampiros fascinam por serem misteriosas e NOTURNAS, porrãn hahaha.
Não fazem mais escritores como Bram Stocker e Anne Rice, meo DEOS.
Eu ando meio curiosa pra ler Andre Vianco, dizem que é bom, mas a faculdade tem me impedido de ler livros que não tenham a ver com a vida acedemica, uma pena, mas nas férias vou tirar o atraso.
Adorei o post, Camies.

Bjs

Roberta disse...

kkkkk
Ri demais Camies, nonsense total!!

Talvez por ser tão absurdo se tornou best-seller, por fugir dos totalmente da visão que temos das histórias de vampiros.

Bjo!

Lilian disse...

"Eu acho que ela enfiou esse personagem gay por cotas! Cotas de negros, de gays, de caipiras..."

Eu ri como se não houvesse amanhã!

Ana disse...

HAHHAHAHAHA
Caramba, Camies. Eu já não tinha a mínima vontade de ler essa série, mas depois do seu post quero é passar bem longe mesmo. haha.

manolo, deve sera história de vampiros mais galhofa já escrita. hahah

rafa disse...

E EU QUE LEIO O SEU POST E FICO AFIM DE LER SÓ PELOS MOMENTOS 'WTF' QUE O LIVRO VAI ME PROPORCIONAR?

caixa alta só pra tu ver a gravidade da situação HAHAHAHA

Mayra disse...

Recomendaram essa série e falaram que era a minha cara. ME MATO AGORA?

Anônimo disse...

Hahaha, nunca gostei dessas histórias de vampiro, mas antigamente até havia um certo respeito...

Sinto que as escritoras de romance de banca de jornal acharam a mina de ouro em histórias de vampiro, porque é só trocar o amante latino pelo vampiro, fazer o vampiro tentar viver na legalidade que tu tem um best seller...

Anônimo disse...

NA SINCERIDADE camies, nunca achei seus posts tão engraçados assim como o povo diz por aí, mas esse se superou e eu não consigo parar de rir puta que o pariu HUAHAUAAHAHAHAUAUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAUAUAHA

Kinha disse...

Caramba, sistema de cotas no livro foi ótimo, rs
Amei seu blog, você escreve muito bem. Não consegui seguir mas te linkei.

Kinha
http://baudakinha.blogspot.com/

Marcela disse...

kkkk... adorei o seu post! Deu até vontade de ler os livros pra dar umas risadas!

Essa parte do "eles tomam sangue de doadores que são simpatizantes a causa dos vampiros", quase me matou de rir!

Manolo, não tem sangue no banco de sangue nem pros doentes e os negos doam pros "morcegões" comerem? hauhauahuahua...

beijão, sua linda!

Ana Julia disse...

Histórias de vampiro só se for Anne Rice! Já leu?
Não tive interesse nenhum na saga Crepúsculo e lendo o seu resuminho [amigo gay kkkkk], passou longe do que gosto! Hahaha
Mas posso falar?! Adorei o esmalte!!!
Beijos

Fabiola disse...

Me mijei de rir com seu post, beijos.
Eu li até o quinto (sendo que tudo ebook, só comprei o 1º)e parei pq n aguentei tanto absurdo e tanta piranhagem dessa Zoey #prontofalei.

Mas eu gostei do esmalte combinando =~

Anônimo disse...

olha acho q vc é uma idiota eu amei esse livro se vc ñ gosto pq compro e ten uma coisa vc ñ enteudeu nada dele pra ficar falando se ela coloko um gay na livro é pq ela é contra o preconceito vc é q é uma idiota q ñ gosta de livros de ficção cinceramente se ñ gosta ñ compra ñ lê......
odeio gente assim....